Páscoa, celebração que nos traz esperança!

Prof. Debora Muniz Oliveira

“Ele não está aqui; Ressuscitou!” (Mt 28.6)

Todos querem ter esperança! Vivemos buscando razões para nos motivar, impulsionar nossas ações, acalmar nosso coração, quanto às incertezas e preocupações!

Segundo o dicionário, esperança é o “sentimento de quem vê como possível a realização daquilo que se deseja”. E que motivo mais concreto, mais real temos nós? A Ressurreição de Jesus!

Essa é nossa grande esperança: Ele ressuscitou e nos prometeu que nEle temos vida eterna! Com Ele ressuscitaremos! Com Ele viveremos! Se assim não fora, inútil seria nossa fé. O apóstolo Paulo nos diz em sua primeira carta aos Coríntios: “…, se Cristo não ressuscitou, inútil é a fé que vocês têm, e ainda estão em seus pecados. Neste caso, também os que dormiram em Cristo estão perdidos. Se é somente para esta vida que temos esperança em Cristo, somos, de todos os homens, os mais dignos de compaixão” (Cor 15.17-19).

De fato, se a nossa esperança se resumisse apenas à presente vida seríamos os seres mais dignos de compaixão, pois tal esperança, como dita no adágio popular, um dia morreria.

A Ressurreição de Cristo dá um novo sentido à vida daqueles que experimentam seus efeitos.

Nessa época em que tanto se fala de presentes, chocolates, coelhos e tantos símbolos e costumes criados pelos homens para explicar e dar algum significado à Páscoa, devemos rememorar o verdadeiro sentido da data: o sacrifício de Jesus, por meio do qual ele nos dá Vida!

Os efeitos da ressurreição de Cristo são tão abrangentes que se estendem para todo o cosmos e nos atingem de forma tão impactante, nos levando a ter uma vida de entrega, de reconciliação, de paz…

A fé na ressurreição nos capacita a viver uma vida de amor no presente e contemplar o futuro com esperança. Esta é a esperança da Páscoa Cristã.

Deixe uma resposta